terça-feira, 15 de julho de 2008

Leia o relatório da PF sobre a caça a Daniel Dantas ( 201 páginas )

FENAPEF, 15.07.08
Ao longo de 210 páginas, recheadas com transcrições de interceptações telefônicas e de e-mails, o relatório sobre a Operação Satiagraha é exaustivo na descrição dos passos seguidos pela Polícia Federal e dos supostos indícios que permitiram ao delegado Protógenes Queiroz chegar à conclusão de que “Daniel Dantas é o chefe da organização criminosa, envolvida com o cometimento de delitos contra o Sistema Financeiro Nacional, contra o mercado de capitais e de lavagem de dinheiro”.
O documento é assinado em parceria pela delegada Karina Murakami Souza e por Protógenes Queiroz. Os autores registram que ainda não há definição legal para o conceito de organização criminosa, mas apontam que as investigações encontraram quase todos os indícios de uma organização criminosa: previsão de lucros, hierarquia entre seus membros, planejamento empresarial, divisão de trabalhos, ingerência no poder estatal e na imprensa, mescla de atividade lícitas e ilícitas para dificultar a atuação dos órgãos públicos encarregados da persecução penal. “No caso em tela, encontram-se presentes todas estas características”, afirma a delegada no documento.
Há ainda a declaração de que o grupo mantém proximidade com autoridades públicas, lobistas, jornalistas, grandes empresários, “pessoas muito bem articuladas, uma vez que esses contatos nas diversas esferas públicas e privadas são necessários para que esta organização criminosa continue atuando de forma protegida”.
(Por razões técnicas, o relatório é publicado em cinco partes)
Clique aqui para ler da página 1 à 42
Clique aqui para ler da página 43 à 84
Clique aqui para ler da página 85 à 126
Clique aqui para ler da página 127 à 172
Clique aqui para ler da página 173 à 210
Fonte: Conjur

Etiquetas: , , , , , , , , ,

I heart FeedBurner Monitorado por Cyclops

0comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home